Categorias
Notícias

RNCA esteve no encontro Ciência 2023

A sessão da Rede Nacional de Computação Avançada decorreu ao início da tarde do último dia do encontro nacional de Ciência e Tecnologia. Foram apresentadas as novidades da rede e alguns projetos futuros, tais como a preparação do MOOC sobre Supercomputação e a entrada em operação do supercomputador Deucalion

Pela primeira vez, o encontro Ciência deixou Lisboa e foi acolhido em Aveiro, no Campus Universitário de Santiago, entre os dias 5 e 7 de julho. Esta foi, de igual forma, a primeira edição focada num só tema: “Ciência e Oceano para além do Horizonte”. Mas nem por isso deixou de se justificar a presença da Rede Nacional de Computação Avançada (RNCA).

A sessão decorreu ao longo do último dia do Ciência 2023, na Sala de Atos Académicos da Universidade de Aveiro, na qual foram apresentadas as novidades que estão a marcar este ano: os concursos nacionais de computação avançada. o novo MOOC sobre Supercomputação e o inquérito nacional de computação avançada.

Houve ainda tempo para que o palco fosse ocupado por alguns dos representantes dos centros operacionais, nomeadamente João Barbosa, do Minho Advanced Computing Center (MACC), que assumiu a parte da sessão dedicada ao supercomputador Deucalion e à sua entrada em operação e Jorge Gomes, coordenador do grupo de Computação e infraestruturas Digitais do LIP, que revisitou o anterior ano da Infraestrutura Nacional de Computação Distribuída (INCD) enquanto responsável técnico.

A sessão da RNCA terminou com a apresentação das oportunidades no âmbito da iniciativa EuroHPC, realizada por Mário Amaral, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT),