Categorias
Notícias

Dois supercomputadores europeus permanecem entre os cinco mais poderosos do mundo

A lista Top500 acabou de lançar a sua mais recente atualização e conta com dois supercomputadores financiados pela EuroHPC JU nos lugares da frente. LUMI continua a assegurar a terceira posição e LEONARDO ainda está à entrada do pódio.

A lista TOP500 que, duas vezes por ano, classifica os supercomputadores mais rápidos do mundo, acaba de divulgar a sua 61ª atualização.

Os primeiros cinco lugares permanecem intactos face à última divulgação, em novembro de 2022. Assim sendo, a medalha de ouro ainda vai para o Frontier, instalado no Oak Ridge National Laboratory, nos Estados Unidos da América, cuja performance bate os 1,194.00 petaflops. Continua, até à data, a ser o único sistema exascale do mundo.

A ocupar o segundo lugar mantém-se o japonês Fugaku, detido pelo Riken Center for Computational Science, com uma performance de 442.01 petaflops. Por sua vez, LUMI, o supercomputador europeu instalado na Finlândia, continua a arrecadar o bronze, com uma performance de 309.10 petaflops.

À entrada do pódio está outra máquina que, à semelhança de LUMI, é financiada pela EuroHPC JU. LEONARDO, instalado em Itália, encontra-se na quarta posição do TOP500, com uma performance de 238.70 petaflops.

A lista pode ser consultada na totalidade no website da lista TOP500.